Postado em:
12 fev, 2014

8 mitos médicos que insistem em te contar!

Por mais que os médicos desmintam, não adianta, sempre tem aquela crença que você ainda mantém sobre o que pode ou não acontecer em relação ao corpo humano. Como é melhor se precaver do que remediar, continuamos a evitar certas práticas sem nenhuma base científica. Confira os 8 mitos médicos que insistem em te contar:

BSFHT

8. Mitos  sobre a vitamina C

vitamina-c

Ao contrário do que se acredita por aí, vitamina C não é inofensiva e consumi-la em excesso pode, sim, gerar problemas, como doenças respiratórias, gastrointestinais, cálculo renais e endurecimento de artérias. O limite recomendado diariamente varia de pessoa para pessoa, por isso, o ideal é perguntar ao médico. Além disso, nenhuma pesquisa científica até hoje comprovou que ela seja eficaz na prevenção à gripe. O que se sabe é que ela atua no sistema imunológico e ajuda a reduzir os sintomas da doença, bem como encurtar seu tempo de evolução. Outro mito é sobre a função antioxidante da vitamina C, que seria capaz de retardar o envelhecimento: infelizmente, nenhum estudo até hoje provou essa relação, então desconfie de cosméticos que incluam essa substância na fórmula.

7. Ler no ônibus pode descolar a retina

01

Pode ficar tranquilo com a sua leitura na volta do trabalho. Ler no ônibus não descola a retina, mas, no máximo, causa tonteira. Isso acontece porque nesse momento você está mandando duas mensagens conflitantes para seu sistema nervoso: do ponto de vista central, você está parado lendo um texto; mas a visão periférica capta a paisagem correndo ao seu lado e manda avisar que você está em movimento. Isso gera uma confusão entre o cérebro e a visão que pode causar mal-estar e enjoo.

6. Nadar depois de comer faz mal

02

Com risco de se afogar e vomitar, sempre ouvimos que é melhor não entrar na piscina de pança cheia. De fato, isso não é aconselhável, mas porque geralmente fazemos movimentos bruscos na água e nenhum exercício é recomendado após refeições. Além disso, toda a sua circulação sanguínea que deveria estar se concentrando no processo digestivo do seu corpo irá se deslocar para a epiderme, buscando regular a temperatura corporal, o que, muitas vezes, pode deixar-nos enjoados.

5. Ler no escuro ou ver TV de muito perto faz mal à vista

ler no escuro

Nem um, nem outro é verdade. No máximo, essas práticas causam desconforto – o esforço de se ler sob luz fraca, nos faz contrair os olhos para melhorar a visão e pode dar dor de cabeça. Quanto a ver televisão de muito perto, esse mito teve origem nos anos 1960, quando alguns aparelhos de TV emitiam uma radiação que era prejudicial aos olhos. Hoje, isso não acontece mais.

4. Cabelos, pelos e unhas continuam a crescer nos cadáveres

04

Bizarro, mórbido e sem fundamento! Segundo um estudo, este mito tem base em um fenômeno biológico. Quando uma pessoa morre, o corpo desidrata e começa a secar. Esse processo cria uma retração na pele ao redor do cabelo e da unha, gerando uma impressão de aumento no comprimento.

3. Você pode curar a ressaca

05

“Tome vitamina C, água, sucos desintoxicantes…” e nenhum desses conselhos irá funcionar! Quando você bebe álcool demais, seu corpo está intoxicado pela substância e precisa justamente se esvaziar daquilo, desenvolver um processo de eliminação. Entupir seu corpo com várias coisas só vai piorar. Nesse momento, meu amigo, não há muito o que fazer – a maneira mais eficaz de evitar a ressaca é não consumir álcool ou fazê-lo com moderação, afirma o estudo.

2. O frio faz você ficar gripado

gripe-gelado-frio

Por mais que fiquemos gripados geralmente quando a temperatura abaixa, o que nos deixa doentes na realidade é a maior exposição ao vírus. Especula-se que casos de gripe e resfriado sejam mais comuns nos meses frios porque nesses períodos as pessoas tendem a passar mais tempo em ambientes fechados e junto a outras, o que facilitaria a transmissão dos micro-organismos.

1. Barriga de chopp não existe

barriga-e-bebida

Um estudo do Colégio Oficial de Médicos de Astúrias revela o que todos nós sempre sonhamos: a barriga de chope é um mito.

O consumo moderado da bebida, não engorda e reduz o risco de diabetes e hipertensão.

E aí, vai continuar acreditando nessas crenças infundadas?


8 Comentários em 8 mitos médicos que insistem em te contar!

  • NONO MITO…..a consulta não é muito CARA….

  • Flavio Luiz disse:

    o mito da piscina existe pq comer e depois ficar pulando pode fazer com que a pessoa acabe vomitando, e se alguém vomitar na piscina vai estragar a brincadeira para todo mundo.

  • Andre Goulart disse:

    Tô vendo é que você não sabe de nada. Vamos começar pelo mais útil: A Ressaca! Ela acontece quando seu organismo sente falta do álcool! É isso mesmo quando você começa a beber seu organismo gosta e processa a "mardita" e acaba gostando, você para de beber e ele se manifesta! Quer acabar com a ressaca? Simples, tome um pouquinho de cerveja ou qualquer bebida alcoólica (num vai começar a melar de novo!) um meio copo basta e pronto a ressaca acaba na hora!
    Os outros mitos já é de conhecimento geral que são mitos, como nadar depois de comer , decolamento da retina etc, mas a vitamina C a história é outra – O cientista Linus Pauling ganhador de dois premios Nobel, foi quem instituiu o digamos modismo de tomar vitamina C. Ele foi acometido de uma doença e foi aconselhado a tomar vitaminas com isso interessou-se pelos efeitos da vitamina C e como era químico acreditava que ela tinha propriedades que ajudavam a prevenir várias doenças, sendo a principal delas a gripe e o resfriado que podiam evoluir facilmente para doenças mais graves. Ele defendia, recomendava e financiava pesquisas neste sentido, e também tomou diariamente desde os 41 anos quando curou-se de uma doença incurável (doença de bright – insuficiência renal crônica) 18 g de vitamina Cm e faleceu aos 93 anos de idade. Na realidade ainda não há dados absolutos sobre os benefícios da vitamina C, assim como para todas as outras, mas o excesso sem dúvida é prejudicial.

  • Bah! O 4 mito erraram e feio. É comprovado e até ah provas fotográficas e vídeos de experiências de cadáveres que com o passar dos anos ouve sim o crescimento de unhas e cabelos posteriormente a morte. Então esse mito não é mito, é VERDADE. Que fail.

  • Flavio Luiz disse:

    ai que ta cara, não é que cresce pelo ou unha, mas como a pele de uma pessoa morta fica sem sangue correndo acaba ficando "ressecada", e as unhas e pelos que ficavam até então abaixo da pele aparecem e da a impressão de que cresceram.

  • Ressaca é resultado da desidratação do corpo devido a ingestão excessiva de álcool, principalmente do cérebro gerando a famosa dor de cabeça pós o "porre". Isso quando o corpo consegue metabolizar tudo, pois, caso contrário tem de eliminar, ou pela via oral ou evacuando. Portanto o óbvio é se hidratar para recuperar o corpo. O ideal para evitar é tomar água juntamente com o álcool. Sobre a barriga de Chopp: A quantidade de gordura por ml no chopp é menor do que a contida em um suco por exemplo. A diferença é que normalmente ninguém toma dois litros de suco por exemplo, já a cerveja ou chopp sim. Porém, mesmo com consumo moderado o problema é em relação ao que se é consumido junto com o álcool. Por fim, o álcool só produz benefícios ao organismo se consumido em no máximo 15 ml por dia.

  • Deixe seu comentário: