Postado em:
12 mar, 2013

11 pessoas famosas que perderam tudo!

Antes de listar as celebridades que já chegaram ao fundo do poço, é importante dizer que, diferentemente de muitos outros países, o processo de falência nos Estados Unidos não é visto de forma negativa. Na verdade, as leis de falências americanas estão estruturadas de modo que os inadimplentes sejam estimulados a prosseguir com suas atividades empreendedoras. A falência de uma empresa nos Estados Unidos não impede o indivíduo de continuar com sua vida sem precisar sentir vergonha ou viver na pobreza total.
Veja alguns famosos que já perderam tudo:
11. Kim Basinger
Transformada rapidamente em um dos maiores símbolos sexuais de Hollywood, passou a envolver-se em confusões fora da tela. Em maio de 1993, perdeu uma ação de US$ 8,1 milhões por não manter o compromisso verbal de filmar “Encaixotando Helena” (93). Para sair da concordata, foi obrigada a limitar suas despesas mensais a US$ 10 mil. Com isso, precisou suspender o projeto do parque de diversões que ergueria em Braselton (Geórgia), sendo processada por diversos moradores contratados para trabalhar na construção. Em janeiro de 1995, o jornal “The New York Times” declarou-a “falida” em reportagem de três páginas.
10. Toni Braxton
Toni Braxton também declarou falência em 1998. Ela vendeu CDs no valor de $188 milhões, mas estava quebrada por conta de um terrível contrato de gravação que pagou a ela menos do que 35 centavos por álbum.
9. Gary Coleman
Gary Coleman ficou famoso aqui no Brasil pela série Different Strokes (Minha Família é uma Bagunça). Ele parecia ser uma criança de oito anos, mas na verdade ele tinha dezessete (devido a uma disfunção renal que o impossibilitou de crescer).
Com o fim de Different Strokes em 1986, Gary deixou de ser gracinha e passou a fazer pequenas aparições em séries e filmes, até que foi sendo esquecido pelos produtores e pelo seu público. Tentou suicídio duas vezes e mais tarde processou seus pais e empresário, por roubarem todo o seu dinheiro. Quando estava em um shopping de Los Angeles, esmurrou uma fã, que insistentemente queria seu autógrafo. Foi preso e processado a pagar as despesas médicas da vítima. Em 2001, falido e com dívidas, arrumou um emprego como segurança também em um shopping de Los Angeles. Em 2003 concorreu ao governo da Califórnia e perdeu para um outro ator, Arnold Schwarzenegger.
8. Francis Ford Coppola
Após o sucesso dos dois Godfather, Coppola dedicou-se a um projeto ambicioso, Apocalypse Now, baseado em Heart of Darkness de Joseph Conrad. A realização do filme foi marcada por inúmeros problemas, desde tufões, e abuso de drogas, até ao ataque de coração de Martin Sheen e à aparência inchada de Marlon Brando, que Coppola tentou esconder, filmando-o na sombra. O filme foi adiado tantas vezes, que chegou a ser alcunhado de “Apocalypse Whenever”.
Apesar dos contratempos e problemas de saúde que Coppola sofreu durante a filmagem de Apocalypse, continuou com os seus projetos. Em 1981 apresentou a restauração do filme de 1927 Napoléon, editado nos Estados Unidos pela Zoetrope. No entanto, somente em 1982 é que Francis voltou à realização, com o filme One From the Heart, que foi um fracasso enorme, tendo no entanto criado um certo culto à sua volta anos depois. Esse filme lhe deixou uma dívida de US$ 30 milhões. Isso, somado a falência de seu estúdio, o American Zoetrope, fez com que o diretor entrasse em um período conturbado, em que teve que aceitar dirigir e associar seu nome a diversos trabalhos encomendados, que normalmente não lhe despertariam interesse.
7. Marvin Gaye
Marvin Gaye decretou falência em 1976, depois que uma decisão judicial o obrigou a pagar $600,000 à sua ex-esposa, por direitos em um dos discos dele, e também a fim de compensar os atrasos dos pagamentos de pensão a que sua “ex” tinha direito. O álbum Here, My Dear, detalhava dados íntimos do casamento de Gaye e Anna.
Gaye pediu falência e se mudou para o Hawai, onde ele vivia em um furgão.
6. Corey Haim
Haim ficou famoso por sua participação em filmes de sucesso da década 80, como “Garotos Perdidos”, mas não soube aproveitar a fama. Se envolveu com cocaína e, segundo os tablóides, faliu a ponto de não ter dinheiro para pagar o tratamento antidrogas.
5. MC Hammer
A carreira de MC Hammer chegou ao auge em 1990, quando o álbum ‘Please Hammer Don’t Hurt’ vendeu cerca de 10 milhões de cópias. Com uma vida extravagante e uma folha de pagamento astronômica, o rapper entrou em falência em 1996, com dívidas na casa dos US$ 14 milhões. Na época, os bens de Hammer incluíam uma mansão estimada em pelo menos U$ 12 milhões, 17 carros de corrida, um Boeing 727 e um cavalo de corrida.
4. Cyndi Lauper
Antes do sucesso conseguido pela canção “Girls Just Want a Have Fun”, Cyndi Lauper fazia parte de um grupo chamado “Blue Angel”. Ao final de 2 anos de brigas entre a banda e o empresário, a disputa foi parar nos tribunais, e o empresário ganhou. Cyndi foi a falência e voltou a se recuperar novamente nos anos 80, quando tornou-se ícone da música pop.
3. Abraham Lincoln
O 160º presidente dos EUA, Abraham Lincoln, declarou falência em 1833 e passou 17 anos tomando dinheiro emprestado de amigos, até iniciar um negócio para ele. Licoln demorou 30 anos para atingir sua meta de se tornar presidente dos EUA.
2. Burt Reynolds
Burt Reynolds tinha uma dívida de US$ 10 milhões quando pediu falência, após o seu divórcio, em 1996.
1. Donald Trump
Em 1990, devia US$ 900 milhões e, com seus casamentos e divórcios, era o escândalo de cada dia na imprensa sensacionalista. Dez anos depois, Donald Trump não só tinha saído do vermelho como estava de novo na lista dos bilionários.

2 Comentários em 11 pessoas famosas que perderam tudo!

  • Lucky disse:

    eu só queria ser um cantor famoso mundialmente…É pedi muito???

  • Lucky disse:

    Só queria ser a pessoa mas bonita do mundo…..É pedi muito ???

  • Deixe seu comentário: